Arquivo da categoria: Comandos ESXi

Como adicionar um vSwitch ao ESXi por linha de comando

Quando é necessário automatizar a criação de switches virtuais, é possível fazer isso com a ajuda da linha de comando do ESXi via SSH, ou mesmo usando o vSphere CLI. O comando para realizar as operações atualmente é o esxcli (antigamente, era utilizado o esxcfg-vswitch e seus derivados) que é, na prática, bastante amigável e possui um sistema de help muito eficiente. Exemplo: Se você quer executar um comando com esxcli e não sabe como, é só executar o próprio comando. Ele vai retornar todas as variantes possíveis, e a cada variante voce pode estar testante e ele faz exatamente o mesmo com cada uma, oferecendo as opções possíveis.

Bom, voltando ao que interessa, abaixo seguem os comandos para criar um vSwitch e adicionar um uplink (no exemplo vmnic2) e adicional um portgroup de VMs nela:

esxcli network vswitch standard add -v teste01
esxcli network vswitch standard uplink add -u vmnic2 -v teste01
esxcli network vswitch standard portgroup add -p testVMs -v teste01
esxcli network vswitch standard policy failover set -a vmnic2 -v teste01

Cada linha é meio autoexplicativa, mas para resumir:

Linha 1: Cria um vSwitch standard com o nome de teste01;
Linha 2: Adiciona uma placa de rede física (vmnic2) a vSwitch teste01;
Linha 3: Cria um portgroup de VMs na vSwitch teste01;
Linha 4: Configura a vmnic2 como placa ativa da vSwitch teste01 (isso é necessário porque, por padrão no esxcli, quando uma placa é adicionada ela entra como standby para evitar problemas).

Se for preciso adicionar um vmernel, alguns comandos adicionais são necessários:

esxcli network vswitch standard portgroup add -p vmkernel-test -v teste01
esxcli network ip interface add -p vmkernel-test
esxcli network ip interface ipv4 set -i vmk3 -I 10.1.1.10 -N 255.255.255.0 -t static

Explicando:

Linha 1: Adicionando um portgroup adicional (é igual um de VM, depois transformamos ele em vmkernel);
Linha 2: Nessa linha criamos uma interface vmk, e transformamos o portgroup de VM em vmkernel;
Linha 3: Aqui é onde damos um IP ao vmkernel. Note que é necessário especificar o nome do vmkernel (vmk3). Isso é possível com o seguinte comando:
 
esxcli network ip interface list
 
Com um resultado similar a esse (podem existir mais vmk’s, é necessário procurar pelo nome da vSwitch no campo “portset” ou pelo “portgroup”):
 

vmk3
Name: vmk3
MAC Address: 00:50:56:65:bd:08
Enabled: true
Portset: teste01
Portgroup: vmkernel-test
VDS Name: N/A
VDS UUID: N/A
VDS Port: N/A
VDS Connection: -1
MTU: 1500
TSO MSS: 65535
Port ID: 67108868

O resultado final pode ser visto na imagem abaixo:

esxcli-network

Espero que isso ajude. Principalmente em ambientes onde é necessário replicar switches e não se tem a ajuda do Host Profiles, ou de switches distribuídas.

Verificar modelo y driver de nics en ESXi

Para comprobar que placas de red hay en su ESXi no es suficiente solamente el vSphere Client, o utilizar la línea de comandos como se ha mencionado en mi post anterior. El hecho de saber que una placa es Intel o Broadcom no es suficiente, e incluso con el modelo en manos los fabricantes crean una gran cantidad de variaciones de hardware.

En primer lugar es necesario comprobar exactamente que placa está conectada con el hardware y el driver que está utilizando. Para ello, el viejo lspci de Linux es útil – con la opción “-p”:

lspci -p | grep vmnic

Después, se puede corroborar la versión de los drivers instalados en el ESXi:

esxcli software vib list | grep bnx2 (utilizo el bnx2 como exemplo)

En la consola, veríamos así:

esxinics_driversEn el screenshot, el driver de la placa es el 2.2.1l.v50.1-1 (los otros tres son de otras placas – bnx2x – o de otras funciones – acceso iSCSI o FCoE).

Para comprobar que el driver está actualizado o si hay actualizaciones disponibles, se puede acceder la HCL VMware: www.vmware.com/go/hcl como en pantalla de abajo, usando la VID, DID, SVID y SDID – si se utiliza solo el nombre la placa se pueden tener diversos resultados que no son concluyentes. El uso de las flags VID y DID ayuda a determinar exactamente que placa el sistema tiene.

esxinics_drivers2Basado en eso, tenemos el resultado abajo:

esxinics_drivers3A la derecha podemos ver que versiones de ESX son compatibles con esta placa. Haciendo click sobre el nombre de la placa, es posible verificar que drivers la soportan:

esxinics_drivers4Por lo tanto, con el  VID y DID que obtuvimos con el lspci -p, podemos determinar que la placa Broadcom que tenemos tiene un driver que está soportado, pero que contiene actualizaciones (lo mas nuevo de la lista es el que está arriba). En este caso, recomiendo que los drivers sean acttualizados así que posible.

En el futuro sale post acerca de como actualizar drivers.

Verificar modelo e driver de nics no ESXi

Para verificar que placas existem em seu ESXi, muitas vezes não basta apenas ver pelo vSphere Client, ou usar a linha de comando como mencionado em meu post anterior. Somente saber que uma placa é Intel ou Broadcom não basta, e mesmo com o modelo em mãos os fabricantes criam uma grande quantidade de variacões de hardware.

Primeiramente, é necessário verificar exatamente que placa está conectada ao hardware e que driver ela está usando. Para isso, o velho comando lspci do Linux é útil – com a opcão “-p”:

lspci -p | grep vmnic

Após isso, se pode verificar que versão de drivers existem instaladas no ESXi:

esxcli software vib list | grep bnx2 (uso o bnx2 como exemplo)

No console, a visão deve ser algo do tipo:

esxinics_driversNo caso do screenshot, o driver da placa é o 2.2.1l.v50.1-1 (os outros tres drivers são de outras placas – bnx2x – ou para outras funcões – acesso iSCSI ou FCoE).

Para verificar se o driver está atualizado ou se existem atualizacões disponíveis, é possível verificar na HCL da VMware: www.vmware.com/go/hcl, conforme screen abaixo, usando os VID, DID, SVID e SDID – se for utilizado o nome da placa, pode-se chegar a inúmeros resultados sem que sejam conclusivos. O uso dos flags DID e VID ajudam a determinar exatamente que placa o seu sistema possui.

esxinics_drivers2Baseado nisso, pode-sechegar ao resultado abaixo:

esxinics_drivers3A direita, é possível ver que versões de ESX são suportadas para esta placa específica. Clicando no nome da placa, é possível ver que drivers suportam a mesma:

esxinics_drivers4Portanto, com o VID e DID que conseguimos com o lspci -p, podemos determinar que a placa Broadcom que temos possui um driver que está suportado, mas que possui atualizacões (o mais novo da lista é o que está mais acima). Neste caso, é recomendado que uma atualizacão de drivers seja realizada assim que possível.

Espero ter ajudado, no futuro menciono como atualizar drivers.

 

Visualizar placas de red en uno ESXi #esxicommandline

Para verificar las placas físicas que existen en uno ESXi:

~ # esxcli network nic list

La salida del comando deberia ser:

esxclinetwork1
(compatible con ESXi 5.x)

Este comando reemplaza el viejo esxcfg-nics -l

Visualizar placas de rede em um ESXi #esxicommandline

Para verificar as placas físicas que existem em um ESXi:

~ # esxcli network nic list

O resultado deveria ser algo do tipo:

esxclinetwork1
(compatível com o ESXi 5.x)

Este comando substitui o antigo esxcfg-nics -l